[Pós-graduação] “Patrimônio Territorial e globalização em Linhares/ES: Prospectivando cenários de desenvolvimento local”

 

Descrição da foto:

Informação do trabalho: Dissertação de Mestrado desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Espírito Santo (2012/2014).

Título: Patrimônio Territorial e globalização em Linhares/ES: Prospectivando cenários de desenvolvimento local

Orientadora: Renata Hermanny de Almeida.

Bolsista: Natália Oliveira Lira da Silva

Resumo: Com a abertura das fronteiras através da globalização, a cultura brasileira, particularmente, é influenciada por diversos países e a sociedade acaba perdendo o vínculo com suas heranças históricas. Consequentemente tudo o que se diz respeito ao passado histórico-cultural encontra resistência da sociedade, dificultando o processo de preservação do patrimônio, neste caso especificamente, urbano-arquitetônico.
O tema abordado neste estudo, impacto da globalização na preservação do patrimônio, se particulariza na abordagem do Centro Histórico de Linhares, Estado do Espírito Santo, por meio de estudos específicos para a Zona de Proteção do Entorno (ZPE) e para a Zona de Proteção Paisagística (ZPP), pré-definidas no Projeto de Graduação em arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal do Espírito Santo, com o título CENTRO HISTÓRICO DE LINHARES- ES: Plano de preservação do Patrimônio urbano-Arquitetônico da Sede Municipal.
O objetivo deste estudo é compreender como a legislação urbanística pode interferir no processo de preservação do patrimônio, principalmente de sítios históricos urbanos, tendo em vista que esses, em geral, situam-se em áreas pressionadas pelo crescimento, adensamento e pela renovação urbana e estão particularmente vulneráveis ao intenso e expansivo processo de descaracterização; e fornecer alternativas para o planejamento espacial de centros históricos que possuem um recurso hídrico determinante no espaço.

Palavras chave: Preservação; Globalização; Patrimônio;Linhares-ES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *