Suplementação com proteínas: Qual a melhor hora?

Pesquisas mostram que a suplementação com aminoácidos e proteínas promove uma maior incorporação de aminoácidos no músculo esquelético após o treinamento de força, elevando a síntese protéica e estimulando a hipertrofia muscular. Mas qual será a melhor hora de se fazer uso desta suplementação?

Esmark e colaboradores realizaram um estudo no qual homens treinaram um protocolo de exercício de força por 12 semanas. Parte consumiu proteínas imediatamente após a sessão de treinamento e parte 2 horas após esta sessão. Após as 12 semanas, o grupo que fez a suplementação imediatamente após o exercício apresentou um maior ganho de massa muscular, com maior diâmetro das fibras musculares.

Levenhagen e colaboradores, por sua vez, verificaram a influência do tempo de suplementação, imediatamente ou 3 horas após exercício intenso em bicicleta, sobre a incorporação de aminoácidos no músculo. Mais uma vez, a suplementação imediatamente após o exercício mostrou-se mais eficaz.

Já Tipton e colaboradores demonstraram que o consumo de aminoácidos, imediatamente antes do exercício levou a uma maior síntese protéica muscular quando comparado ao consumo feito imediatamente após. Os autores atribuem este efeito à uma maior entrega de aminoácidos aos músculos, devido ao aumento do fluxo sanguíneo nos músculos que estão sendo exercitados.

Em contrapartida, um outro trabalho (Rasmussen et al., 2000) não encontrou diferença no balanço líquido de aminoácidos entre os que consumiram aminoácidos 1 ou 3 horas após o exercício.

Que lição podemos tirar destes trabalhos? A existência de um período ótimo para suplementação protéica é uma questão ainda especulativa, mas atrativa e provável. De forma prática, devemos realizar esta suplementação nos momentos que cercam a sessão de treinamento, ou seja, imediatamente antes, e/ou imediatamente após. Desta forma, promovemos um maior estímulo da síntese protéica muscular, possibilitando maiores ganhos de massa muscular.

Bons treinos!

Referências Bibliográficas

ESMARCK et al. Timing of postexercise protein intake is important for muscle hypertrophy with resistance training in elderly humans. J. Physiol. 535:301-11, 2001.

LEVENHAGEN et al. Postexercise nutrient intake timing in humans is critical to recovery of leg glucose protein homeostasis. Am. J. Physiol. Endocrinol. Metab. 280:E982-93, 2001.

TIPTON et al. Timing of aminoacid-carbohydrate ingestion alters anabolic response of muscle to resistance exercise. Am. J. Physiol. Endocrinol. Metab. 281: E197-206, 2001.

RASMUSSEN et al., An oral essential aminoacid-carbohydrate suplement enhances muscle protein anabolism after resistance exercise. J. Appl. Physiol. 88:386-92, 2000.

———————-

Lucas Guimarães

Sobre Lucas Guimarães Ferreira

Professor do Centro de Educação Física e Desportos da Universidade Federal do Espírito Santo
Esta entrada foi publicada em musculação, nutrição, suplementação, treinamento. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

1 Response to Suplementação com proteínas: Qual a melhor hora?

  1. Frederico disse:

    Ola Lucas,Fui Profissional de Skate,porem fiquei parado por muitos anos…fiz por um bom tempo musculacao, biathlon…por conta de 2 artroscopia no joelho direito, fiquei sem fazer uma atividade mais intensa por mais de 2 anos, retornei ao skate em outubro 2009 e simultaneamente natacao, tenho sentido faqueza muscular nas pernas, pois o skate vertical exige muito, devo comecar um treino de musculacao direcionado e estou pensando desde ja comecar a tomar um suplemantos "aminoacido" gostaria da sua opiniao ? no passado ja tomei aminoacido liquido, pois senti melhor resultado, vc teria uma indicacao de laboratorio confiavel, que produz aminoacido liquido ?Caso queira conhecer um pouco sobre mim "skatista" tenho um orkut so de skate com fotos e publicacoes em midia especializadas da epoca, e aberto a todos, estou mandando o link, porem vc pode publicar se quiser…muito obrigado e parabens pelo bloghttp://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=16249699622439618309

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *