Terceiro Espaço na Construção de Cidadania Glonacal: uma experiência de internacionalização da Extensão

Aprovado PROEX sob número 1788 em julho de 2020.

___________________________________________________________________________________________

**Título: Terceiro Espaço na Construção de Cidadania Glonacal: uma experiência de internacionalização da Extensão

** Tipo de ação de extensão: PROJETO

**Público-alvo:
( ) Externo
(x) Geral – Interno e Externo

Público estimado – 250 pessoas

**Data de Início: 01/07/20
**Data de conclusão: 30/06/2022

**Palavras-chaves: terceiro espaço, tecnologia, internacionalização, cidadania glonacal

___________________________________________________________________________________________

RESUMO

Resumo: O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas 4.7 desafia o ensino superior a integrar a educação para a cidadania global. A universidade tem o potencial de propiciar oportunidades de aprendizado para o desenvolvimento de uma educação para a cidadania global, nacional e local (glonacal). O objetivo deste projeto é promover práticas para a educação de cidadania glonacal no contexto pós Covid usando a tecnologia para colocar estudantes e professores em relacionamentos interconectados, local e transnacionalmente, colaborativamente com governos, empresas e comunidades. Mais especificamente, o projeto visa integrar ações de ensino, pesquisa, extensão e internacionalização da UFES no desenvolvimento de uma cidadania glonacal atuando em um terceiro espaço de troca/e transferência de conhecimento/inovação e tecnologia da UFES com a comunidade externa e interna.

**Resumo expandido da proposta:
O presente projeto tem como objetivo fomentar a educação em geral e a construção de uma cidadania global que reconheça as tensões locais e nacionais no que estamos chamando de cidadania “glonacal” atuando em um terceiro espaço que permita a troca e transferência de conhecimento, inovação e tecnologia da UFES para a comunidade externa com ações de internacionalização e de interação por meio de tecnologias virtuais e de línguas estrangeiras. As ações do projeto visam integrar o ensino de conteúdos diversos em interações virtuais por meio de línguas estrangeiras fomentando o processo de internacionalização da UFES e de sua comunidade, bem como a transferência de conhecimento/inovação/ciência da universidade para a comunidade externa em articulação com diversas áreas do conhecimento.

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS) 4.7 desafia o ensino superior (ES) a integrar a educação para a cidadania global. A universidade, como uma das principais partes interessadas, tem o potencial de propiciar oportunidades de aprendizado nas comunidades, baseadas no pensamento e na colaboração de sistemas, como uma mentalidade necessária da educação para a cidadania global, nacional e local. Nesse sentido, o objetivo deste projeto é promover práticas para a educação para a cidadania glonacal em um mundo pós-Covid, que usa a tecnologia para colocar estudantes e professores em relacionamentos interconectados, local e transnacionalmente colaborativos com seus governos, empresas e comunidades em um projeto baseado em intervenção-ação para estabelecer práticas educacionais robustas para os “Terceiros Espaços”, entendidos como espaços de aprendizagem que transcendem as fronteiras geográficas e de perspectivas para desenvolver novos entendimentos que conectam sujeitos ao mundo ao seu redor, em um movimento de internacionalização da Extensão.

___________________________________________________________________________________________

CLASSIFICAÇÕES:

**Principal área temática: Educação.

Área temática afim: não possui.

**Linha de Extensão:  Temas Específicos/ Desenvolvimento Humano.

**Grande área do conhecimento: Ciências Humanas.

___________________________________________________________________________________________

APRESENTAÇÃO

Resumida (segundo platorma PROEX)

No cenário pós Covid 19, o ensino superior enfrenta o desafio de se aproximar da sociedade local por meio de ações de extensão para enfrentar problemas globais como a pandemia, transferindo conhecimento acumulado nas universidades em suas ações de ensino, pesquisa e internacionalização em um mundo de fronteiras cada vez mais porosas. A educação superior tem um importante papel na construção de uma cidadania glonacal que reconheça e prepare cidadãos para enfrentar tensões/questões globais, nacionais e locais em diversos níveis. As inovações tecnológicas que aproximam as diversas culturas convivem com uma persistente desigualdade local, nacional e internacional. A falta de letramento linguístico e digital limita o acesso à informação online e às possibilidades de atuação em um contexto cada vez mais virtual. Nesse cenário, abordagens como a COIL (Collaborative Online International Learning) se colocam como alternativas para a abertura de espaços de aprendizagem com potencial de incluir um número maior de pessoas nesse contexto virtual ou no ciberespaço, essa infraestrutura de recursos tecnológicos. A internet pode ser usada para criar espaços híbridos que aqui chamamos de terceiros espaços. O terceiro espaço pressupõe tensões e resistências e comporta uma diversidade de saberes e práticas propícias para a construção dessa cidadania glonacal, que por sua vez permite a confrontação de diferentes culturas, línguas e identidades fomentando o desenvolvimento da interculturalidade e internacionalização. Neste projeto a visão de internacionalização se refere ao processo intencional de integrar uma dimensão internacional, intercultural ou global na oferta de ações de ensino, pesquisa e extensão do ensino superior. A essas possibilidades nós acrescentamos a construção de uma cidadania glonacal, ou seja, uma cidadania que possa ser exercida em contextos locais, nacionais e globais.

___________________________________________________________________________________________

**Justificativa

Resumida

Ortiz (em construção) sugere que as pequenas e médias empresas exportadores (PMEs) sãos as mais vulneráveis no tocante à internacionalização e enfrentamento da realidade econômica global no cenário pós covid19. Traçando um paralelo com a pandemia do Covid-19 e os grupos de risco, podemos dizer que enquanto os idosos são os mais afetados desde o ponto de vista da saúde física, as PMEs são as mais afetadas em relação ao ponto de vista econômico e nacional. O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas 4.7 desafia o ensino superior (ES) a integrar a educação para a cidadania global. A universidade, tem o potencial de propiciar oportunidades de aprendizado nas comunidades, baseadas no pensamento e na colaboração de sistemas, como uma mentalidade necessária da educação para a cidadania glonacal. Nesse sentido, o objetivo deste projeto é promover práticas para a educação para a cidadania glonacal em  um mundo pós-Covid, que usa a tecnologia para colocar alunos e professores em relacionamentos interconectados, local e transnacionalmente colaborativos com seus governos, empresas e comunidades em um projeto de estudo baseado em intervenção- ação para estabelecer práticas educacionais robustas para os “Terceiros Espaços”, entendidos como espaços de aprendizagem que transcendem as fronteiras geográficas e de perspectivas para desenvolver novos entendimentos que conectam os alunos ao mundo ao seu redor. No caso deste projeto, procuraremos aproximar a UFES da comunidade formada por PMEs no ES, por meio da colaboração on-line e da transferência de conhecimento com um modelo de educação para a cidadania glonacal focado em tecnologia que promova conexões entre a comunidade e a universidade (UFES), fomentando o empreendedorismo internacional de PMEs.

**Caracterização do público-alvo:
O público interno será constituído por professores e estudantes dos cursos de graduação de Letras , Administração e de Pós-Graduação em Educação, Linguística, e Administração. O público externo será constituído por integrantes de PMEs do Estado do  Espírito Santo,  que buscam o empreendedorismo internacional.

**Objetivo geral
Criar um terceiro espaço de construção de cidadania glonacal por meio das trocas e interações mediadas por tecnologias, línguas e saberes compartilhados nesse terceiro espaço tanto com a comunidade interna da UFES quanto com a comunidade externa integrante de PMEs .

**Objetivos específicos:
1. Criar um terceiro espaço entre a UFES e segmentos da sociedade, em particular as pequenas e médias empresas exportadoras (PMEs) no Estado do ES para apoiar a internacionalização
2. Trabalhar com as PMEs neste terceiro espaço para identificar suas necessidades em termos de internacionalização em um contexto pós-covid 3. Criar estratégias para a transferência de conhecimento da UFES para as PMEs e suas comunidades para apoiar sua internacionalização/empreendedorismo internacional e a construção de uma cidadania glonacal.

**Metodologia
A metodologia usada será a da pesquisa-ação articulando ações de ensino, pesquisa, extensão e internacionalização entre a UFES a e comunidade interna/externa. O projeto pretende ser desenvolvido ao longo de 3 fases, a saber:

1a fase – Planejamento
Contato de entidades de políticas e apoio como Findes e Fapes e mapeamento/levantamento das PMEs que serão incorporadas no projeto. Contato com as empresas e seleção de até 10 para intervenção do projeto/transferência de conhecimento / inovação por meio da COIL.

2 a fase – Implementação
Implementação das ações do projeto de extensão junto às empresas selecionadas e em articulação com voluntários dos cursos de Letras e Administração da UFES.

3ª fase – Sistematização dos resultados e divulgação
Análise, compilação, sistematização e divulgação/socialização dos resultados.

**Forma de avaliação
A avaliação será integrativa, qualitativa e realizada ao longo das fases do projeto por meio de instrumentos como entrevistas semiestruturadas em forma de roda de conversa (e individuais, caso necessário) realizadas online, questionários online (Google Forms/Microsoft Office 365 Forms) e observações in loco. Os dados coletados servirão para orientar o curso das ações nas diferentes fases do projeto e poderão ser disponibilizados aos atores envolvidos no processo para autoavaliação, melhoria(s) e planejamento estratégico.

**Infraestrutura física
A infraestrutura física utilizada será a Sala do Núcleo de Relações Internacionais (NERI).

**Possui vínculo com ensino:
(X) Sim  
(   ) Não

**Possui vínculo com pesquisa:
(X) Sim  
(  ) Não

**Envolve captação de recursos financeiros ou bens duráveis:
(  ) Sim  
(X) Não

**Envolve liberação de carga horária do coordenador aprovada em Departamento:
(  ) Sim
(X) Não

___________________________________________________________________________________________

**Nome**Tipo de participação (opções – coordenador, subcoordenador, integrante)**Carga horária semanal
Kyria FinardiCoordenadora 
Tania DelboniSubcoordenadora 
Ramon OrtizIntegrante externo 
Gabriel AmorimIntegrante externo 
Barbara SimoneliIntegrante externo 
Roberta Gomes LeãoIntegrante externo 

___________________________________________________________________________________________

ATIVIDADES PREVISTAS

  1. Contato com entidades de apoio Fapes, Findes 01/07/2020 a 31/12/2020;
  2. Mapeamento/levantamento das PMEs que serão incorporadas no projeto 01/03/2021 a 01/05/2021;
  3. Levantamento junto às 10 empresas que participação do projeto para planejamento da intervenção 01/05/2021 a 01/07/2021;
  4. Planejamento da intervenção 01/07/2021 a 01/08/2021;
  5. Intervenção nas empresas 01/08/2021 a 28/02/2022;
  6. Análise dos resultados, Síntese, produção de relatório e disseminação 01/03/2022 a 30/06/2022.

___________________________________________________________________________________________

PARCERIA

Nome da Instituição Parceira
A universidade de Coventry (UC) será parceira no tocante à internacionalização da extensão por meio da abordagem COIL (Collaborative Online International Learning) com apoio de voluntários dos cursos de Letras Inglês e de Administração da UFES.

Abrangência
Principais cidades do Estado do Espírito Santo.

___________________________________________________________________________________________

RESUMO VISUAL COM IMPACTO disponível clicando no link a seguir:
Tabela-Impacto-projeto-extensão-UFES-UC.pdf

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

SUMMARY

Description: The United Nations Sustainable Development Goal (SDG) 4.7 challenges higher education (HE) to integrate global citizenship education in teaching and learning. HE is a key stakeholder, well-situated to facilitate interconnected community-based learning opportunities, grounded in systems thinking and collaboration, as a required mindset of global citizenship education. The purpose of this project is to aid global citizenship education in a post-Covid world through a partnership between UFES, CU and the local community through the use of technology to place students and teachers in interconnected, locally and transnationally collaborative relationships with their governments, NGOs, corporations, and communities.