Publicações

Publicamos a Série Nomes da Literatura Brasileira feita no Espírito Santo no Instagram (https://www.instagram.com/neples.ppgl/):
– O objetivo é dar mais visibilidade a autores/as-obras que podem se tornar tema de estudos para o seminário Brav@s Companheir@s e Fantasmas e para a revista  Fernão  (especialmente nas seções Memória, Seleta e Resenha [no caso de autores/as mais recentes]);
– A sequência é, por um lado, aleatória (não há ordem alfabética nem cronológica); por outro, procura parear gêneros, etnias e épocas. Por isso, há uma tentativa de alternância de autores/as brancos/as, negros/as, antigos/as, modernos/as, contemporâneos/as, “clássicos/as”, veteranos/as e iniciantes;
– As postagens não seguem o ritmo eventual do Instagram; a intenção é publicar os nomes mais conhecidos e/ou noticiados, de maneira a formar um “mosaico” de dados ou uma espécie de “dicionário” visual indicador de nomes e obras de vários estilos e tendências. Decerto, como o propósito da série não é ser exaustiva, alguns/algumas faltarão na série, infelizmente, seja porque não há retratos/imagens, seja porque escasseiam dados seguros de ano e local de nascimento, lista de obras, seja ainda porque é muito grande o número de pessoas que se dedicam à publicação de literatura (escrita criativa);
– As fontes para a recolha dos nomes são: Mapa da literatura brasileira feita no Espírito Santo, de Reinaldo Santos Neves (2019 – https://blog.ufes.br/neples/files/2019/10/Mapa-da-literatura-brasileira-feita-no-ES-de-Reinaldo-Santos-Neves.-1.pdf); Dicionário de escritores e escritoras do Espírito Santo, de Francisco Aurelio Ribeiro e Thelma Maria Azevedo (2008); rol de autores/as do site Tertúlia: livros e autores do Espírito Santo, de Pedro J. Nunes (2005-), e do Estação Capixaba, de Maria Clara Santos Neves (2015-); Notícias da atual literatura brasileira (2020, v. 1), de Vitor Cei et. al., além de notícias de jornal, do site da Secult-ES, do catálogo de editoras etc.

Durante a realização do Brav@s Companheir@s e Fantasmas IX (em homenagem ao dramaturgo Amâncio Pereira), em 2020, o Neples pretendia editar e disponibilizar aqui quatro peças do autor (três manuscritos: Auto de Natal (sem data), Antes de bater a sineta  (sem data) e Vitória de relance: revista infantil (1916), e uma publicação de 1894, Virou-se o feitiço). Dadas as dificuldades da transcrição, decidimos publicar por ora o fac-símile (dividido em três partes) da edição de Virou-se o feitiço. Esperamos conseguir levar a bom termo a transcrição e a edição dos três manuscritos gentilmente oferecidos pela Família Pereira, a quem agradecemos a confiança.

Amâncio Pereira – Virou-se o feitiço 1_compressed-1-12

Amâncio Pereira – Virou-se o feitiço 2_compressed-13-23

Amâncio Pereira – Virou-se o feitiço 3_compressed-24-35

Disponibilizamos a edição modernizada de Frauta agreste, de Maria Antonieta Tatagiba:

Frauta agreste, de Maria Antonieta Tatagiba. Neples – set. 2020

Disponibilizamos a segunda edição do Mapa da Literatura Brasileira feita no Espírito Santo, de Reinaldo Santos Neves:

Mapa da literatura brasileira feita no ES, de Reinaldo Santos Neves.

O Neples tem publicado principalmente livros que reúnem os trabalhos apresentados em seus seminários bienais Brav@s Companheir@s e Fantasmas: Seminário sobre a(o) Autor(a) Capixaba, desde 2004.

A aquisição gratuita de exemplares, mediante solicitação com justificativa (pois o número de livros é pequeno), pode ser feita pelo e-mail neples.ppgl@gmail.com 

Alguns exemplares do Bravos companheiros e fantasmas (v. 5 e 6) e Recados de tempo: estudos sobre as crônicas de Rubem Braga podem ser adquiridos na livraria da Edufes (http://edufes.ufes.br/).

A partir do Bravos 8 (2019), no entanto, a edição do livro será eletrônica.

E-book Bravos companheiros e fantasmas-8 com ISBN corrigido_compressed

Bravos VII. Neples. 2016-2018. Completo

Bravos 6 – Edufes

Bravos Companheiros e Fantasmas 5. Edufes

 (Esgotado)

 (Esgotado)

Outras publicações:

Outras publicações em parceria:

   

 (Esgotado)