Projeto de Pesquisa: “Documentação e representação do Patrimônio: Aproximação teórico-metodológica”

Documentação e representação do Patrimônio: Aproximação teórico-metodológica

Resumo: Esse projeto se insere na linha de pesquisa “Sistemas, Informações, Tecnologias e Metodologias: Aplicação na conservação e intervenção no Patrimônio”, do Laboratório Patrimônio & Desenvolvimento, investigação concebida como uma abordagem interdisciplinar, a se realizar por meio de articulações entre documentação, representação e intervenção patrimonial, em diferentes camadas e escalas de sedimentação histórica. Nesta perspectiva, propõe discutir as articulações entre políticas de conservação e desenvolvimento, por meio de: 1) Estudo técnico e científico orientado à elaboração de subsídio metodológico e instrumento de documentação, representação e inclusão social do patrimônio; 2) Investigação de procedimentos de conservação do patrimônio, entendido como elemento estruturante de identidade local; 4) Produção de sistema de informação e divulgação do patrimônio; 5) Aproximação à arqueologia da arquitetura como subsídio à conservação e restauração arquitetônica e urbana; 6) produção base de dados por meio de registro de elementos patrimoniais (ambientais, territoriais, e socioeconômicos); 7) Produção de representação identitária, nas escalas arquitetônica, urbana e territorial. O projeto se apresenta como continuidade e ampliação de perspectivas abertas por projetos concluídos e em andamento, elaborados por pesquisadores vinculados ao Patri_Lab. Nesta perspectiva, a documentação e a representação do patrimônio arquitetônico, urbano e territorial é, sobretudo, um estudo técnico e científico orientado para a elaboração de subsídios metodológicos e instrumentos de intervenção em estrutura pré-existente. A essa contribuição, em nível interno, associa-se a inserção do Patri_Lab a grupos de pesquisa com temas correlatos, e, desta maneira, uma contribuição a mais sistemática possível ao estado da arte ao qual se vincula. Ademais, cabe destacar a relativa atualidade da temática, tendo em vista a incorporação das ferramentas digitais de documentação e representação, com a experimentação de modelos computacionais voltados à arquitetura e à cidade. O termo documentação é utilizado no sentido proposto por Jaques Le Goff, qual seja ser o resultado de uma escolha, ter caráter multiforme, e ser engenho do pesquisador. Já o termo intervenção é utilizado no sentido proposto por Ignasi Solà-Morales, qual seja qualquer tipo de atuação que se pode fazer em um edifício ou em uma arquitetura: restauração, defesa, preservação, conservação, reutilização, etc. Em uma perspectiva conceitual, o registro de um conjunto de elementos patrimoniais se revela como sustentação para elaboração de mapeamentos. Em suma, o presente projeto de pesquisa propõe a documentação e a representação do patrimônio com o uso de sistemas, tecnologias e metodologias abertas e amplas o suficiente para abarcar a totalidade dos estudos relacionados à temática central do Patri_Lab, Patrimônio & Desenvolvimento. Nesta perspectiva, pretende superar o sentido de documentação enquanto banco de dados, para se configurar como um instrumento vivo, inserindo-se no debate sobre permanências e transformações na contemporaneidade. A elaboração da pesquisa deve ser empreendida em 02 (duas) Fases, num total de 24 (vinte e quatro) meses. A primeira fase, correspondente à pesquisa teórico-conceitual, à proposição de procedimentos e instrumentos, e elaboração de mapeamentos (2014/2015), está aqui apresentada. A segunda fase, de divulgação e interação interna e externa ao Laboratório Patrimônio & Desenvolvimento e à Universidade Federal do Espírito Santo, deve ser empreendida no segundo ano da pesquisa (2015/2016).

Palavras chave: Patrimônio, Documentação patrimonial, Representação identitária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *