[Pós-graduação] “Uso de ferramentas computacionais para análise de modificações na ambiência urbana de sítio histórico tombado: ensaio em Santa Leopoldina/ES”

Autor: Rodrigo Zotelli Queiroz

Tipo: Dissertação de mestrado acadêmico
Data de publicação: 17/09/2013

Orientadora: Renata Hermanny de Almeida

Resumo: Com o objetivo de propor um modelo que permita analisar modificações na ambiência urbana do Sítio Histórico de Santa Leopoldina, de maneira direta e uniforme, a pesquisa se inicia por meio de investigação bibliográfica buscando, especialmente através da leitura das Cartas Patrimoniais, compreender a ampliação de conceitos relacionados à preservação e os reflexos dos aprimoramentos conceituais encontrados na legislação de preservação. Tendo por base o conceito de patrimônio ambiental urbano, busca-se compreender como é possível conciliar preservação e transformação, preservando a ambiência urbana do sítio, tratada nesta pesquisa em sua dimensão física. Com a análise dos instrumentos legais aplicáveis à preservação do patrimônio e do levantamento das ações recentes realizadas pelo poder público, pretende-se verificar se a ampliação do conceito de preservação, observada na leitura das Cartas Patrimoniais, possui rebatimento na preservação do sítio urbano, apontando suas virtudes e limitações. Esta verificação é importante pois, segundo Waisman (1997), as cidades que apresentam maior grau de harmonia entre as diferentes linguagens arquitetônicas que se sucederam em diferentes momentos históricos e que se integram umas com as outras, formando um conjunto coeso, são exatamente aquelas cidades que desde cedo traçaram limites, definiram códigos e aceitaram regras para essa coexistência. Na definição do modelo proposto, e para determinação do nível de modificação da ambiência urbana, adota-se como ponto de partida o modelo apresentado por Silva (2012), para análise de novas inserções em terreno vazio situado em um conjunto tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) na cidade de Sabará, em Minas Gerais. Por meio de dois ensaios comparativos da relação Antigo-Novo, a partir de oito elementos: Volume, Escala, Proporção, Implantação, Textura, Densidade, Material e Cor; realiza-se uma verificação do modelo citado anteriormente, ao Sítio Histórico de Santa Leopoldina, aferindo sua adequação, propondo adaptações e incorporando a este a utilização um Sistema de Informações Geográficas (SIG), para a análise dos níveis de modificação da ambiência urbana do sítio.

Acesso ao documento

Uma resposta a [Pós-graduação] “Uso de ferramentas computacionais para análise de modificações na ambiência urbana de sítio histórico tombado: ensaio em Santa Leopoldina/ES”

  1. Maria Bernardete Guimarães disse:

    SERIA IMPORTANTE QUE OUTROS LOCAIS E BENS IMATERIAIS E CULTURAIS COMO MONUMENTOS NATURAIS (FORMAÇÕES GEOLÓGICAS) E CIDADES FOSSEM TOMBADAS TAMBÉM. TEMOS MUITAS RIQUEZAS NO ES E UMA BELA PAISAGEM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *