[Pós-graduação] Modelo de inserção de nova arquitetura em áreas urbanas diferenciadas: Experimentação na cidade de Sabará/MG

Descrição: Foto da Rua Dom Pedro II, Sabará [MG], Agosto de 2011, por Jaqueline Pugnal da Silva.

Informação do trabalho: Dissertação de Mestrado desenvolvida no Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Espírito Santo (2010/2012), defendida em 26/03/2012.

Título: Modelo de inserção de nova arquitetura em áreas urbanas diferenciadas: Experimentação na cidade de Sabará/MG.

Orientadora: Renata Hermanny de Almeida.

Bolsista: Jaqueline Pugnal da Silva

Resumo: A discussão a cerca do par de temas Antigo/Novo, tem início no século V, quando surge a palavra moderno, sendo utilizada para significar “agora, recentemente”, se apresentando como uma tentativa de estabelecer a distinção entre os contemporâneos, não indicando nenhum privilégio entre um ou outro. Porém, a oposição entre os antigos e os modernos, de forma restrita, ocorre na França, no final do século XVII e início do século XVIII, com o evento literário conhecido como a querela dos antigos e dos modernos, dando início à crescente valorização do moderno como oposto ao antigo. A investigação deste trabalho se dá com o objetivo principal de sistematizar a relação Antigo/Novo, assim como, desenvolver uma compreensão a cerca dessa relação na constituição da cidade, e, assim, poder investigar as situações de inserção de “novas edificações” em áreas com preexistência diferenciada, buscando compreender as possíveis maneiras da mesma se realizar, aproximando-se ou afastando-se de situações de harmonia estética. Complementarmente, objetiva-se identificar e analisar a atuação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) frente à relação Antigo/Novo em cidades com bens tombados pelo mesmo. Esta investigação será realizada na cidade de Sabará – Minas Gerais, especificamente em área de abrangência dos bens tombados pelo IPHAN, que se utilizou deste instrumento de preservação, entre os anos de 1938 a 1965, resultando um total de 19 (dezenove) bens tombados a nível federal.

Palavras chave: Arquitetura – Sabará (MG); Intervenção Arquitetônica; Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Brasil)

Clique aqui para ver a apresentação de power point do I Seminário Interno.

Clique aqui para acessar a apresentação da defesa da dissertação de mestrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *