A inserção de nova arquitetura em sítios históricos urbanos, protegidos por tombamento federal – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

Subprojeto de Iniciação Científica

Edital: Edital PIBIC 2013/2014

Título do Subprojeto: A inserção de nova arquitetura em sítios históricos urbanos, protegidos por tombamento federal – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

Orientadora: Renata Hermanny de Almeida

Bolsista: Rebecca Almeida de Medeiros

Resumo: Integrante da pesquisa “Cidade no Brasil: o papel do passado em intervenções urbanas, 1950-2010”, esse subprojeto tem como temática central a relação Antigo/Novo, recortada por um específico interesse: a análise de intervenções urbano-arquitetônicas promovidas em áreas urbanas protegidas por tombamento promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN. Essa intenção nos permitirá particularizar uma das hipóteses da pesquisa, qual seja, de que, a despeito da formação modernista, de linhagem corbusiana e funcionalista, adquirida nas escolas, no Brasil a arquitetura se particulariza pelo reconhecimento e adoção de referentes físico-geográficos e histórico-culturais para pensar o novo, e não pela sua rejeição, como pressuposto no ideário de linhagem moderno-funcionalista. Para isso, como procedimento, o estudo da experiência – projeto e obra construída – será empreendido a partir de identificação, registro, descrição, interpretação e categorização de operações projetivas em que a relação entre arquitetura e sítios urbanos com preexistência crítica seja orientadora da projetação. Em sua totalidade, a investigação seguira um conjunto de passos visando uma abordagem duplamente qualitativa e sistêmica.
Palavras chave: Antigo/Novo, Sítio Histórico Urbano, Arquitetura, Preexistência crítica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *